Como ensinar fonética para crianças em casa

Se você está ensinando seu filho a ler e escrever, provavelmente já se deparou com o termo 'fonética' - mas o que exatamente quer dizer? E como o método fonético pode acelerar o desenvolvimento da alfabetização de seu filho?

Hoje, vamos quebrar o poder da fonética e mostrar exatamente como você pode aumentar a compreensão fonêmica do seu filho com algumas dicas importantes.

De enfrentar os desafios da linguagem, para fornecer-lhe alguns planilhas fonéticas prontas para usar para usar em casa, este artigo irá ajudá-lo a ajudar eles ler e escrever.



Então vamos começar!

A fonética é um método de ensinar as crianças a ler e escrever, relacionando sons diferentes com letras diferentes. Simplificando, trata-se de compreender que existe uma relação entre as letras e a forma como soam.

Por exemplo, o som 'k' pode ser escrito como c, k ou ck. Ensinar isso a uma criança ajudará a melhorar sua compreensão de leitura e habilidade de escrita, pois ela começará a reconhecer que o mesmo som pode ser falado e soletrado de maneiras diferentes.

Por fim, conforme você ensina a seu filho os sons de diferentes letras, ele logo aprenderá a misturar sons para ler palavras inteiras. Quando uma criança aprende os sons das letras t, p, a e s, por exemplo, ela pode começar a ler e escrever as palavras: “tap”, “taps”, “pat”, “pats” e “ sentado'.

Da mesma forma, reconhecer as diferenças entre palavras semelhantes como “berço”, “gato” e “cortar” ajudará seu filho a entender como as mesmas letras e sons podem ser usados ​​para criar palavras diferentes.

Em seu nível mais fundamental, a fonética consiste em quebrar e simplificar as palavras em diferentes padrões de som. E a melhor maneira de ajudar seu filho a entender esses padrões é fazê-lo ler e escrever o máximo possível.

Ao ler, no entanto, é provável que você encontre alguns desafios ao longo do caminho.

Mas não se preocupe - ao enfrentar esses desafios de frente, podemos aprender rapidamente como superá-los.

A língua inglesa pode ser muito complicada, especialmente para uma criança que é nova na alfabetização.

E embora a fonética seja uma boa maneira de simplificar nossa linguagem, às vezes as coisas podem ficar um pouco confusas.

Por exemplo, nem todas as letras têm o mesmo som todas as vezes que são usadas.

Palavras como ‘pessoas’ (forte ‘p’) e ‘telefone’ (som ‘f’) usam a letra ‘p’, mas soam muito diferentes. Combinações fônicas como essas podem facilmente confundir uma criança, por isso é importante sempre apontar as diferentes maneiras como uma letra pode soar.

Por outro lado, palavras como 'mar' e 'ver' parecem semelhantes, mas são escritas com letras diferentes. Explicar isso para seu filho irá garantir que ele possa usar sons semelhantes para letras e combinações diferentes (como 'ea' / 'ee'), o que é fundamental para ensinar fonética de forma eficaz.

Há também a complicação adicional de como as letras são realmente escritas. Letras como 'b / d', 'g / q' e 'f / t' parecem muito semelhantes na página, mas todas são lidas de maneira muito diferente. Esteja ciente disso e concentre-se ainda mais em ajudar seu filho a entender letras mais complicadas como essas.

E para confundir as coisas ainda mais , a língua inglesa está repleta de muitas pequenas peculiaridades e exceções que podem tornar a leitura e a escrita um desafio para crianças de todas as idades.

Homófonos, por exemplo, como 'qual / bruxa' ou 'dois / para' exigem o mesmo som para uma palavra diferente. Da mesma forma, homônimos (como 'urso / urso') soam iguais, mas são usados ​​em contextos diferentes, enquanto homógrafos (como 'arco / arco' e 'vento / vento') parecem iguais, mas soam totalmente diferentes.

Essas diferenças podem ser extremamente confusas. Mas a prática leva à perfeição, como eles dizem - então incentive seu filho a ler e escrever o máximo possível e apontar quaisquer nuances onde quer que as veja. Melhor ainda, leia com eles para que possam ver as palavras e ouvir a pronúncia correta ao mesmo tempo.

Também é útil usar planilhas fonéticas para trabalhar os muitos sons, letras e combinações diferentes que seu filho precisa aprender.

A abordagem estruturada e metodológica fornecida pelas planilhas fonéticas tornará o processo de aprender a ler e escrever mais claro e mais consciente, o que é ótimo para aumentar a compreensão do seu filho.

Não importa se você estuda em casa ou simplesmente quer ajudar seus filhos fora do horário de aula, há muitas maneiras de ensinar fonética em casa.

Em primeiro lugar, é definitivamente vale a pena investir no máximo de recursos fonéticos que puder.

Comprar livros voltados para a faixa etária, por exemplo, é a melhor maneira de garantir que seu filho tenha as ferramentas certas para desenvolver suas habilidades de leitura. Baixando planilhas fonéticas também ajudará seu filho a pensar ativamente sobre o processo de leitura e escrita, que é a chave para uma melhor compreensão.

Depois de obter os recursos certos, é importante tentar fazer os exercícios fonéticos tão divertidos e envolventes para o seu filho quanto possível.

Faça vozes de personagens ao ler e pronuncie suas palavras com alegria e entusiasmo. Isso ajudará seu filho a entender o que você está dizendo e o incentivará a, eventualmente, associar palavras diferentes a personagens e histórias que amam.

E se seu filho tem um livro favorito que gosta de ler, não hesite em deixá-lo revisitá-lo novamente e novamente. Embora você possa pensar que quanto mais livros seu filho ler, melhor, estudos sugeriram que permitir que seu filho domine apenas um ou dois livros é a melhor maneira de ajudar a criar confiança e avançar em seu progresso.

A maneira como você ensina fonética em casa também depende da idade do seu filho.

Na idade do jardim de infância, por exemplo, é importante manter a fonética o mais simples possível. Incentive seu filho a ouvir sons regulares (como sons de animais) e familiarize-os com uma linguagem simples do dia-a-dia, como ‘olá’, ‘cachorro’ e nomes de família.

Nesse estágio inicial, é importante manter seu idioma diretamente relacionado às experiências de seu filho. Isso os ajudará a desenvolver uma compreensão básica de como se expressar com palavras, o que é fundamental para aprender fonética posteriormente.

Quando seu filho entrar na escola primária, você deve começar a pensar um pouco mais cuidadosamente sobre o uso da língua.

As crianças são ensinadas a pronunciar as letras de uma forma muito expressiva e clara - a letra 'p', por exemplo, torna-se 'puh' e a letra 's' é pronunciada como um chiado, mais do que um 'suh'. Ao ler para seu filho - e fazer com que ele experimente primeiro escrever formas de letras - você deve usar essa abordagem para reforçar o que ele aprende na escola.

Da mesma forma, à medida que seu filho desenvolve uma compreensão mais consciente do mundo ao seu redor, você deve conversar e ler para eles sobre os tópicos que eles acham mais interessantes. Nesse estágio, você também pode querer encarregá-los de escrever pequenos parágrafos relacionados à sua vida cotidiana. Isso ajudará a continuar lendo e escrevendo da forma mais relevante e divertida possível.

Você também deve procurar recursos que reflitam o desenvolvimento do seu filho. Ao longo do ensino fundamental, a compreensão da linguagem de seu filho crescerá muito rapidamente e, por isso, é útil acompanhar essa mudança para facilitar a melhoria contínua.

Em suma, ensinar fonética para seu filho é adaptar sua abordagem de acordo com os diferentes estágios de desenvolvimento de seu filho. Tente sempre complementar sua educação escolar e lembre-se de manter as tarefas de alfabetização o mais entusiasmadas e alegres que puder.

E para realmente envolver seu filho na aprendizagem da leitura, não se esqueça de confira nossas planilhas de fonética clicando aqui .